segunda-feira, 16 de junho de 2008

Luar de rio branco

Sedução!
Luar de rio branco, poema de luz
Lá no céu as estrelas dirão:
Ó linda Rio Branco, altar de Jesus.

Num Jardim,
A brisa quando passa baixinho me diz:
não existe no mundo outra assim
conhecer Rio Branco
que sonho feliz!

Um hino de louvor a seus filhos, poetas, cantores,
boêmios do luar ao violão,
De encanto angelical suas filhas, inspiram amores,
a ti minha veneração.

Nos sonhos meus
Minha terra te vejo contente
Canaviais, Boa Vista, azul Xopotó.

Implora a Deus,
Este amor me conserve presente
Numa oração,
De quem sonha distante e tão só.

Sedução!
Luar de rio branco, poema de luz
Lá no céu as estrelas dirão:

Nenhum comentário: